quarta-feira, 10 de abril de 2013

caderno pesos & medidas







































Um marco de colónia é igual a quantos escrópulos?
Uma vara tem quantas mãos-travessas?
Quantas fangas são precisas para encher um alqueire?

Infelizmente não temos respostas a estas questões, mas uma visita ao Museu de Metrologia do Instituto Português da Qualidade pode esclarecer-vos facilmente.
Lá, dispõem de uma colecção que documenta a evolução dos padrões de pesos e medidas no nosso país ao longo dos tempos.

A mais recente aquisição do museu é uma série limitada de três cadernos com a capa impressa em tipografia, feitos pelas Publicações Serrote:
um caderno azul pautado,
um caderno liso cinzento e
um caderno verde quadriculado.

No caderno pautado, cada par de linhas mais grossas tem uma distância entre si equivalente à milésima milionésima parte de um quarto do meridiano terrestre, ou seja, 1 cm.*

No caderno quadriculado, cada quadrado de linhas mais grossas mede de lado o equivalente à distância percorrida pela luz no vácuo durante o intervalo de tempo de 1/ 29 979 245 800, ou seja, 1 cm.**

* O metro é igual à décima milionésima parte de um quarto do meridiano terrestre (Definição aprovada pela Assembleia Nacional Francesa, em 1791)

** O metro é o comprimento do trajecto percorrido pela luz no vazio, durante um intervalo de tempo de 1/299 792 458 s. (17ª CGPM - 1983 - Resolução A)



























Fotografias da Exposição do Museu de Metrologia do Instituto Português da Qualidade

Sem comentários:

Publicar um comentário